Gabriel Diniz – Anjo Sem Asas

8
Gabriel Diniz – Anjo Sem Asas

Gabriel Diniz – Anjo Sem Asas

Letra:

Olha só, quem diria estar aqui
Te olhando e te tocando
Nem parece existir

Olha só, que ironia do destino
Desde o tempo de menino
Amava te ver sorrir

Em meus sonhos
Sabes que, te chamei
Anjo meu, graças a Deus
Que eu te encontrei

Parece anjo mas não tem asas
Doçura e beleza tem
Quando me olha fico sem graça
Meu anjo lindo me faz tão bem

Parece anjo mas não tem asas
Com seu olhar me leva pro céu
Me toca com sua boca dengosa
E com carinho me dá seu mel

Olha só, quem diria estar aqui
Te olhando e te tocando
Nem parece existir

Olha só, que ironia do destino
Desde o tempo de menino
Amava te ver sorrir

Em meus sonhos
Sabes que, te chamei
Anjo meu, graças a Deus
Que eu te encontrei

Parece anjo mas não tem asas
Doçura e beleza tem
Quando me olha fico sem graça
Meu anjo lindo me faz tão bem

Parece anjo mas não tem asas
Com seu olhar me leva pro céu
Me toca com sua boca dengosa
E com carinho me dá seu mel

Olha só, quem diria estar aqui
Te olhando e te tocando
Nem parece existir

Olha só, que ironia do destino
Desde o tempo de menino
Amava te ver sorrir

Em meus sonhos
Sabes que, te chamei
Anjo meu, graças a Deus
Que eu te encontrei

Parece anjo mas não tem asas
Doçura e beleza tem
Quando me olha fico sem graça
Meu anjo lindo me faz tão bem

Parece anjo mas não tem asas
Com seu olhar me leva pro céu
Me toca com sua boca dengosa
E com carinho me dá seu mel

Gabriel Diniz – Anjo Sem Asas

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here